23 de Outubro de 2014

Coisas...


...por vezes dou por mim embrulhada em tanta coisa e ao mesmo tempo, essa tanta coisa, não me parece nada!!...por vezes agradeço e outras, amaldiçoo o dia em que mudaram-se as coisas....por vezes é tanta a coisa que a vontade é de fazer um reset e voltar atrás nas coisas...penso nas coisas que são e já foram ou nas coisas que eram e agora são, e mesmo que irritada por não haver conclusão de todas estas coisas, agradeço!!


Aprendi a ouvir coisas, ler sobre coisas e nem por isso, a comprar coisas...e nesta coisa das coisas, descobri os podcasts After the Jump criados pela Grace Bonney autora do blogue Design*Sponge, óptimos para quem, como eu, gosta de gente que faz coisas...

Sempre fui pessoa de coisas e coisinhas, mas por vezes, a vida coloca-nos em situações que nos fazem ponderar e quebrar com certas coisas e novamente, aprendo a descomplicar e a carregar o essencial de todas as coisas...

21 de Outubro de 2014

Castanho!?...


...pois, diria que há dois anos dei início a toda uma nova fase da minha vida e consequentemente, esta nova fase, tornou-me um pouco mais experimentalista (como se isto de comer arroz integral fosse um fenómeno estranho), e cautelosa no que se refere à alimentação! 
Longe vão os tempos em que um prato de massa com natas deixava-me excitada só de imaginar toda aquela suposta delícia, confesso que actualmente só de imaginar semelhante papa, fico com reviravoltas no estômago!! Engraçado o quanto podemos formatar o nosso cérebro e já nem uma pizza desenvolve em mim o fenómeno de salivação....ainda assim, gostava de conseguir ter uma maior auto-controlo no que diz respeito aos chocolates, mas admito que já não os como nas quantidades que antes o fazia....


Sinceramente considero que nesta coisa da vida saudável o mais importante é estarmos bem connosco próprios e não procurar nos alimentos, e em especial no chocolate (no meu caso), o conforto e a resolução de toda a nossa insatisfação/frustração. Portanto, decidi que estava na hora de ser mais conscienciosa em termos de quantidade de chocolate de leite que ainda ingiro e apesar de já não os trazer para casa, na esperança que caiam efectivamente no meu esquecimento (ou pelo menos assim o espero)!! Estabeleci uma meta e de momento encontro-me numa demanda, e porque espalhar aos sete-ventos este meu propósito parece-me ajudar a manter-me motivada, cá estou eu a dizer, mesmo que por meias palavras, que estabeleci um prazo concreto e que o pretendo fazer cumprir, para libertar o meu corpo e respectiva mente dos açucares (em breve explico melhor toda esta minha teoria).

20 de Outubro de 2014

Óleo...


...é verdade, disse mal dos óleos e continuo a dizer, pois detesto toda aquela sensação de resíduo gorduroso e brilhante que alguns deles deixam no rosto, no entanto, devido à falta de humidade que tenho sentido por aqui, confesso que umas gotinhas desta coisa no rosto antes de dormir ajudam a que a minha pele, que apesar de oleosa, não acorde seca como um bacalhau ou a escamar como uma cobra!!


De momento ando aqui em torno da gama da Boots Botanics, que não só é em conta, como também é natural e orgânica, e como tal, não possui parabenos nem derivados petrolíferos como por exemplo, o óleo mineral...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...